A simulação até naquele vinho de sábado à noite!

Para os profissionais habituados com Simulação, é fácil imaginar sua aplicação em projetos de sistemas industriais e de transporte. Falando especificamente nos projetos mais recentes realizados pela Genoa, listamos diversas ocorrências de Simulação de Terminais Portuários, Simulação de Transporte Hidroviário, Transporte Ferroviário ou Transporte Rodoviário, Simulação de Centros de Distribuição e, até mesmo, Simulação de Supply Chain completa (seja em um nível mais macro e estratégico, seja com detalhamentos de algumas operações). Quando saímos dessa “zona de conforto intelectual” parece ser difícil imaginar em quais outros sistemas essa ferramenta pode ser aplicada com sucesso. A realidade é que a ferramenta pode ser aplicada a qualquer sistema para a tomada de decisões, desde que implementada por profissionais experientes e que dominem os diferente paradigmas da simulação.

Neste contexto, apresentamos aqui um caso interessante que avalia a propagação de doenças em plantações de uva que influenciam na produtividade e na qualidade do vinho.

A produção de vinho é algo delicado. A uva Carménère, por exemplo, havia sido extinta por conta de pragas das plantações europeias em meados do século XIX, até que no final do século XX um enólogo francês redescobriu a uva no Chile. Hoje, vinhos feitos unicamente com essa uva são produzidos exclusivamente no Chile, que é rodeado por fronteiras naturais contra pragas.

Curiosidades à parte, o caso de estudo do AnyLogic considera plantações de uva nos Estados Unidos e compara, através de um modelo cellular automata, diversas estratégias de controle da praga, que buscam maximizar o lucro para os produtores.

O modelo considera inicialmente as plantações de uva e, algumas delas, contaminadas. Considerando que a contaminação é feita através de insetos que se movem entre as diversas plantas e frutos, foram testadas dezoito técnicas de combate à praga considerando estratégias espaciais e não espaciais e referentes à idade da plantação.

A utilização da ferramenta de simulação permite fazer análises que não seriam possíveis através de ferramentas clássicas. A originalidade dos resultados é garantida pela capacidade do modelo computacional em modelar uma grande quantidade de variáveis bio – econômicas e de estado das plantações.

Os resultados do modelo mostram que os processos espaciais são mais eficientes e lucrativos em comparação aos processos não espaciais e que, especificamente para as políticas não espaciais, a idade da plantação influencia significativamente nos resultados da estratégia.

Análise de Sensibilidade – VPL do custo da unidade de teste

O modelo computacional de simulação permite o aumento do escopo analisado, como, por exemplo: considerar a dinâmica de preços – o retorno sobre o produto pode influenciar no investimento ótimo para combate de pragas - ou o efeito de criação de barreiras que dificultem a propagação das doenças.

Clique aqui para ler o estudo completo.

#AnyLogic #otimização

Categorias
Posts recentes
Arquivo
 
Telefone: (11) 3032 - 6742      contato@genoads.com.br      Rua Álvaro Anes, 46, Pinheiros, São Paulo - SP