MicroMasters, MOOCs e as Novas fronteiras da educação

O MIT (Massachusetts Institute of Technology) anunciou no fim do ano passado um programa piloto de extensão acadêmica em Gerenciamento da Cadeia de Suprimentos, o Micro Master’s in Supply Chain Management. Oferecido através do portal edX, o programa é composto de 5 módulos online com duração de 12 semanas, em formato de MOOCs (Massive Open Online Course, ou Curso Online Aberto e Massivo), focados em domínios específicos da área: Análise, Fundamentos, Desenho, Dinâmica e Tecnologia. Após sua conclusão, o candidato passa por uma avaliação presencial e, se aprovado, recebe um certificado da instituição.

O Instituto inova na medida que inverte o processo de admissão em seu programa de mestrado em Supply Chain Management. A novidade é que os candidatos que completarem o “Micro Mestrado” poderão se inscrever no programa presencial de mestrado e serão selecionados, dentre outros critérios, com base na performance obtida nos 5 módulos online. Uma vez aprovado, o aluno deverá cursar somente um semestre presencial, ao invés de um ano, diminuindo cerca de metade dos custos.

A iniciativa faz parte da estratégia do MIT de expandir a educação oferecida e diminuir barreiras de acesso para estudantes de todo o mundo. A prestigiada instituição de ensino também tem como objetivo atender a demanda de empresas que se queixam da dificuldade de encontrar profissionais com as competências necessárias para gerenciar as cadeias globais.

Sobre MOOCs

MOOCs são cursos virtuais com número ilimitado de participantes e acesso aberto pela internet. Eles surgiram em 2008 mas se popularizaram em 2012 e vêm ganhando cada vez mais adeptos. Há diversas plataformas que oferecem este tipo de conteúdo. O Cousera, um dos pioneiros, possui em sua plataforma vários cursos traduzidos para o português, além de oferecer cursos de universidades brasileiras como a USP e a Unicamp. Já o edX é uma parceria de Harvard e do MIT e tem como destaque cursos destas e de outras universidades de prestígio. O nacional Veduca, além de oferecer cursos formulados por universidades, tem a opção de turmas customizadas que podem atender, por exemplo, um grupo de funcionários de uma empresa.

Os MOOCs são vistos por muitos como uma inovação disruptiva na educação. Do ponto de vista dos alunos, a maior acessibilidade a um conteúdo de ponta, gratuitamente, é algo sem precedentes - a Universidade de Wharton, por exemplo, disponibiliza desde 2013 no Coursera as disciplinas principais do primeiro ano de seu programa de MBA. Em termos da dinâmica de ensino, enquanto na educação tradicional um feedback pode demorar meses, os cursos virtuais proporcionam feedback rápido do aprendizado e podem adaptar-se ao tempo, interesse e velocidade de cada aluno. Já do ponto de vista das universidades, os MOOCs são uma forma de diversificar seus “canais de distribuição” e ganhar experiência com formas emergentes de ensino, além de ser mais uma fonte de renda, uma vez que alguns cursos cobram uma taxa opcional para emissão de um certificado.

De fato, MOOCs não são novas plataformas com velhos métodos de aprendizado, com longas aulas e um teste ao final. Nos cursos virtuais, a gravação de uma aula pode ser substituída, por exemplo, por uma “sequência de aprendizado” com pequenos vídeos, quizzes interativos e fóruns de discussão onde os alunos interagem entre si e com os professores. Há alguns cursos que oferecem inclusive laboratórios virtuais para aprendizado “prático” onde os estudantes podem entrar, construir moléculas e se familiarizar com objetos.

Por outro lado, é natural que nos MOOCs haja um maior distanciamento entre os alunos e os tutores. Nem sempre é possível manter a interação necessária para manter a motivação e viabilizar o aprendizado - estima-se que a taxa de alunos que de fato completam os cursos é de apenas 5% dos inscritos. Além disso, não é possível reproduzir virtualmente todas as interações que ocorrem em um ambiente de imersão presencial. Segundo Phill Powell, presidente da faculdade Kelley Direct, o MBA online da Indiana University, os MOOCs podem transmitir conhecimento mas é improvável que possam ensinar competências como comunicação, trabalho em equipe e outras qualidades importantes aos executivos. Ele afirma que MOOCs são uma transação, não uma relação.

Outro grande desafio deste novo modelo de ensino é sua aceitação no mercado de trabalho. A falta de conhecimento deste formato e dúvidas sobre a qualidade do ensino são grandes barreiras para os MOOCs. Os cursos são populares entre os jovens, que nem sempre são os responsáveis pelo recrutamento de novos funcionários, e a maioria dos executivos desconhecem o modelo e o que ele tem a oferecer. Segundo o presidente do edX, Anant Agarwal, grandes empregadores estão olhando para estes certificados como maneira de promover ou contratar pessoas. No entanto, ele acredita que o edX ainda precisa se consolidar provando que sua qualidade é igual, melhor ou similar o bastante ao aprendizado oferecido em campus. Uma vez que a imprensa começa a falar sobre o tema e as pressões de custo no meio acadêmico continuam aumentando, ele vê os MOOCs como um dos caminhos a se avançar.

Enfim, apesar da maioria das ações ter caráter ainda experimental, os MOOCs têm mostrado que vieram para ficar. O futuro da educação provavelmente será uma combinação do novo e do tradicional, não uma competição entre os dois. Cabe agora às instituições, à comunidade de estudantes e ao mercado, moldar o futuro desta nova forma de ensino. Enquanto isso, profissionais de logística podem ter acesso a conteúdo de ponta que pode contribuir positivamente na sua carreira.

Para mais informações sobre o Micro Master’s in Supply Chain Management, acesse os links abaixo do edX ou do MIT.

Fontes:

https://www.edx.org/course/supply-chain-fundamentals-mitx-mitx-ctl-sc1x

https://news.mit.edu/2015/online-supply-chain-management-masters-mitx-micromasters-1007

http://news.mit.edu/2014/future-of-mit-education-0804

https://pt.coursera.org/

http://knowledge.wharton.upenn.edu/article/is-the-traditional-college-education-an-endangered-species/

http://www.bbc.com/portuguese/noticias/2014/10/141029_vert_cap_mba_mooc_dg

http://www.wsj.com/news/articles/SB10001424052702303759604579093400834738972

http://www.bloomberg.com/bw/articles/2013-09-13/wharton-puts-first-year-mba-courses-online-for-free

https://hbr.org/2014/08/what-business-schools-dont-get-about-moocs/

#MIT

Categorias
Posts recentes
Arquivo
 
Telefone: (11) 3032 - 6742      contato@genoads.com.br      Rua Álvaro Anes, 46, Pinheiros, São Paulo - SP